David Hockney. Inglaterra. 1937. Artista Plástico

IMAGENS
 

 

Alguns cadernos têm unidade, um princípio, meio e fim.
Quando fui para Mustique, por exemplo, fui para descansar e não tinha intenção de trabalhar; mas eu nunca paro realmente. Levei uma série de livros e li, mas um dos livros era um livro em branco, um caderno.
Andámos por aí, sentámo-nos e falámos com pessoas; e aí eu tendo a pegar no caderno e começar a desenhar. Nunca comecei com a ideia de encher o caderno com uma só coisa, embora isto possa acontecer.
Mesmo o caderno de Mustique não é todo sobre o mesmo sítio; acontece apenas que desenhei lá.
E mais tarde, na sua última parte, é sobre a cidade do México, onde fui para uma exposição do meu trabalho de cenografia para teatro.

David Hockney 1985