Retratos. Faço um registo a grafite, rápido e à vista, com as pessoas numa posição à escolha mas sentadas. Depois, com mais tempo, faço algumas correcções e pinto-as usando aguarela (há duas excepções: nºs 7 e 64). O suporte é sempre em papel Fabriano, formato A4. São pessoas que conheço, de quem sou amigo, que contacto diariamente. Desenhei-as ao longo dos dias, regularmente, como se fosse um Diário. Com algumas aconteceu com naturalidade, com outras, como aquelas que apesar de fazerem parte do “imaginário da minha vida” não nos cruzamos usualmente, foi preciso marcar encontro. A preocupação de “ficar parecido” não foi a maior, uns reconhecem-se outros nem por isso. A legenda é constituída pelo nome próprio, actividade/s, data e hora da realização do primeiro registo. Como qualquer Diário não tem fim, vai-se fazendo conforme há oportunidade, havendo muito mais pessoas que eu ainda hei-de desenhar.

 

Rute. Bailarina
Vive em St. António da Caparica e trabalha onde a contratam
Realizado em 19 Fevereiro 2010 pelas 17h00


>> arquivo

© 2005 Eduardo Salavisa